Carreira PHP

Uma das funções da ABRAPHP é ajudar a resolver alguns problemas que acontecem para dois públicos distintos: os desenvolvedores e as empresas.

Vamos analisar um destes problemas vistos por estes dois ângulos:  a contratação de um novo desenvolvedor PHP.

O empresário precisa aumentar sua equipe contratando um novo desenvolvedor para trabalhar com projetos PHP. A primeira dúvida que ele enfrenta é qual o nível do programador eu preciso? Junior, Pleno ou Senior? E o que define cada um destes níveis de conhecimento?

Por outro lado, o desenvolvedor está cansado de ver situações como essa onde claramente existe uma confusão entre o nível de experiência e conhecimento desejado e a definição do cargo.

 

Para auxiliar neste problema a ABRAPHP iniciou um projeto no nosso Github chamado CarreiraPHP. A ideia é contar com a colaboração da comunidade de desenvolvedores e empresários para tentarmos definir melhor estes níveis. Não é nosso objetivo tentar definir uma regra ou algo que deva ser seguido a risca e sim tentar dar um norte, algo para a empresa iniciar a definição dos cargos que está a procura.

Contamos com sua colaboração. Você pode fazer comentários no Github, fazer pull requests com sugestões de melhorias, clonar o projeto e alterá-lo para sua empresa ou simplesmente ajudar a divulgar o projeto.

13 Comments

  1. Felipe Barth says:

    Parabéns. Bem interessante essa iniciativa do repositório do Github, essa tentativa de criar, mas dizer assim, um manual de boas práticas de que cada nível de um programador, pode ser um caminho para padronizar e acabar com essas exigências sem sentido as vezes vemos por aí.

  2. Suissa says:

    Muito bom! É quase mesma ideia que quero fazer na Webschool.io, ajudar a definir melhor os niveis para os empregadores e para os desenvolvedores.

  3. Ricardo says:

    Legal iniciativa. Só uma questão a mais, acha que nível estagiário se inclui nisso?

    Att.

    • Elton Minetto says:

      Acho uma boa Ricardo
      Não quer fazer o primeiro pull-request com essa sugestão? 🙂

      • Ricardo says:

        Elton,
        Eu sugeri pela ideia pois é onde estou começando no momento. 😀 Então não sei exatamente qual perfil possa ser.

  4. Flávio says:

    Excelente idéia, se nem os profissionais conseguem “definir” corretamente estas categorias, imagina os contratantes.

  5. Filipe La Ruina says:

    Achei muito boa a iniciativa!
    Acredito que até vai servir como um alvo para muitos, vendo onde ele pode chegar e o que precisa estudar.
    Mostrei para a responsável pela parte de contratação daqui e ela achou muito bom e que pode de fato servir de guia para as futuras descrições de vaga. Ela achou um pouco específico demais, mas acredito que talvez tenha que ser assim ou talvez ter também uma versão “resumida”?
    Enfim, excelente idéia, parabéns a todos!

    • Elton Minetto says:

      Legal Filipi
      Está resumido pq achamos melhor lançar simples e pedir ajuda da galera para aumentar mesmo. A ideia é a galera fazer pull requests, criar issues, comentar, discutir. Outra opção é a empresa fazer um fork e criar uma versão própria, aumentando ou removendo que não achar interessante

  6. Pedro says:

    Interessante, só achei um pouco estranho usar o exemplo postado no twitter. Lá fala de “Querendo um cara com Conhecimentos Avançados com salário de Junior”.

    Ao acessar o git vemos requisitos equivalentes pra Programador Junior.

    • Carla Gardênia says:

      Nossa, discordo totalmente. Você leu o texto? O que tem lá na parte junior é o básico pra alguém ser chamado de programador PHP.

  7. Márcio Vennan says:

    Grande iniciativa! Era isso que estava faltando na nossa comunidade.

  8. Ana Maria Valarezo says:

    Otima iniciativa! É importante divulgar!

  9. Carlos says:

    É importante esse tipo de matéria. HOJe, não se sabe e nem sabem definir o que é básico, intermediaŕio e avançado. O que é basico numa empresa na outra é um pouco avançado. Por exemplo, em uma empresa considera-se que POO seja parte do básico de um programador PHP jr. O que acho muito difícil porque PHP não requer que se saiba orientação a objetos logo de cara. JAVA sim é orientado a objeto, portanto PHP é mais procedural. Em PHP poo é mais para quem é avançado. Já em JAVA, o Java Jr é completamente”obrigado” a saber poo. Se ele não souber, não sabe java, não programa em java, não arruma emprego “em java”. Eu mesmo já procurei muito sobre o assunto, mas as discrepancias são infinitas.
    A ideia do post é muito clara. Vamos colaborar para nos ajudarmos e ajudarmos.
    UM abrço a todos.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Carreira PHP – http://t.co/6fG7Fi3AUM | Alexandre Eher - […] Carreira PHP – abraphp.org/carreira-php/ […]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *